Saiba tudo sobre Yorkshire: curiosidades sobre comportamento e a raça!

O Yorkshire é uma raça muito conhecida no Brasil e que atrai diversos apaixonados que querem ter esse cãozinho como companheiro.

Mas antes de ter um York como membro da família é importante conhecer sobre ele e tirar todas as dúvidas sobre como eles se comportam e entender se essa raça é a mais adequada para seu estilo de vida.

Pensando nisso, reunimos algumas curiosidades a respeito do Yorkshire para você, confira!


Como são os Yorkshire fisicamente?

Os Yorkshires são reconhecidos pelo seu pequeno tamanho, orelhas eretas e característica pelagem longa e sedosa. Essa raça tem algumas combinações de cores e podem variar de preto e marrom a castanho prateado e claro.

O peso padrão do York foi diminuindo de forma proposital por alguns criadores. No passado, esses cães chegavam a pesar 7 kg, atualmente a faixa de peso está em torno de 3,5kg.

Qual a história do Yorkshire?

Apesar de parecer um cão frágil por seu tamanho, o Yorkshire já foi um herói de guerra! A raça foi criada na cidade de Yorkshire em meio à Revolução Industrial e é o resultado de cruzamento de outros terriers que acompanhavam seus donos nas empresas.

A raça tinha grande importância na cidade e no campo e eles eram utilizados nas minas de carvão para ajudar na caça de ratos e insetos.

Depois disso, o cão já foi considerado um animal de terapia visitando soldados feridos até passar para um cachorro de companhia.

Como é a personalidade do Yorkshire?

O York é um cão pequeno, mas não se engane, eles são cheios de personalidades. Eles são corajosos, não se intimidam por seu porte e não são do tipo que recuam, seja enfrentando um cão maior ou perseguindo algo.

Essa raça tem uma energia única, gosta de seguir o que seu nariz levanta, por isso, é preciso de muita atenção para onde eles vão e no que eles podem se meter.

Além de muito agitado, a raça é carinhosa e apegada ao dono, gostando de colo, aconchego em travesseiros e companhia. Certamente, eles não perdem a chance de ter atenção e gostam de receber carinho.

Por mais que eles adorem ser carregados e ficar no colo, não deixe que isso se torne um hábito pois pode causar problemas de socialização além de danos na coluna do animal. Esteja próximo, mas incentive que ele ande sozinho.

Diferente de seu porte, as vozes dos Yorks são altas e o cachorro pode latir bastante quando não se agrada de algo ou quando sente ciúme de seu dono. Eles gostam de alertar quando há algo acontecendo, seja um estranho, barulhos, campainha, entre outros.

É importante que esse tipo de raça seja socializado com outros cães para que aprenda a conviver, caso contrários, eles não terão problemas em entrar em brigas com outros cachorros que encontram.

Mesmo com fortes traços de sua personalidade, o cão tem um alto nível de adaptação, portanto, ele adota muito da linha de comportamento da casa em que vive.

O Yorkshire não precisa de muito exercício, mas precisam de interação e atenção de seus donos. Eles são independentes, mas adoram brincar e não gostam de ficar sozinhos por longos períodos.

A raça é ótima para lares pois é dócil e adora brincar. Com estranhos ele dá sinais de alerta, mas se percebe a presença amigável dá rapidamente sinais de alegria. Por ser um cão muito agitado, ele precisa gastar energia, por isso, é preciso de brincadeiras e treinamentos para que os móveis e objetos da casa fiquem seguros.

Os Yorks adoram água e gostam de nadar. Se você tem essa oportunidade, ajude seu cãozinho a desenvolver suas habilidades aquáticas, mas tenha cuidado para que ele não fique sozinho e nem em temperaturas muito baixas.

Como é a saúde da raça?

Como todo cachorro é importante se preocupar com a saúde para que o animal seja sempre saudável e feliz em seu novo lar.

Para iniciar, a recomendação é que se adquira o animal somente depois de 12 meses, deixando-os mais fortes no colo materno e menos suscetíveis a doenças.

O York é um cão pequeno, por isso, é preciso tomar cuidado nas caminhadas e brincadeiras, evitando paradas ou puxadas bruscas que possam prejudicar a coluna do animal.

É preciso escovação dos dentes, reduzindo a formação de tártaro e queda e quebra dos dentes. É também preciso ficar atento às orelhas do animal, pois muitos nascem com ela caída e pode ser corrigido com talas específicas recomendada por veterinários.

Quais os cuidados que deve se ter com um Yorkshire?

Os cuidados mais diferentes em relação às outras raças envolvem os longos pêlos do Yorkshire que existe manutenção frequente. A pelagem exige escovação diária, devem ser aparados e tosados de forma higiênica para manter a aparência característica do animal.

A alimentação deve também ser pensada de forma saudável e que contribua com a manutenção dos pelos do cachorro.

São recomendados cerca de dois banhos por mês, com água morna e evitando o excesso de shampoo. As unhas da raça crescem rápido e devem ser aparadas cerca de duas vezes por mês.

O cão é inteligente e é preciso desde novo ensinar os comandos corretos e é essencial cuidar para que eles não desenvolvam a síndrome do cão pequeno.

A síndrome é um distúrbio de comportamento que pode fazer com que o animal desenvolva atitudes inadequadas como fazer xixi e cocô nos lugares errados, puxar a coleira nos passeios, entre outros. Portanto, é essencial ensinar a raça como ela deve agir e o que é certo no convívio familiar.

Um Yorkshire é, sem dúvida, um bom companheiro e que dá muita alegria para as famílias em que convive. Seu pequeno porte, alegria e energia agrada crianças e adultos e eles podem viver em grandes casas ou ambiente pequenos como apartamentos, sendo muito procurados nessa situação.

Agora que você sabe mais sobre como é a raça e algumas de suas curiosidades, já está mais apaixonado pelo Yorkshire? Conte conosco para ter esse animalzinho na sua casa e cuidar dele da melhor forma possível! 



Whatsapp

Contato

  • (11) 4616-4142
  • (11) 98277-7895
  • contato@canilbreedbylemos.com.br

Redes Sociais

Onde Estamos

  • Rodovia Raposo Tavares Km 31
  • São Paulo - SP